fbpx

Cruz Vermelha registra recorde de voluntários

Cruz Vermelha registra recorde de voluntários

Cruz Vermelha Internacional, a maior rede humanitária do mundoregistrou número recorde de voluntários com a pandemia do novo coronavírus. Segundo a entidade, que atua em todos os países, milhares de pessoas decidiram se inscrever para ajudar no enfrentamento da Covid-19, doença que abalou o planeta e já matou mais de 1,5 milhão de pessoas.

“Este ano, em resposta à necessidade humanitária sem precedentes, a Cruz Vermelha testemunhou uma humanidade e bondade igualmente sem precedentes”, comemorou Francesco Rocca, o presidente da Cruz Vermelha Internacional

“Embora o futuro possa parecer sombrio e o mundo dividido por causa deste vírus, toda ação individual de solidariedade, de paz, de dar uma mão e apoiar sua comunidade é importante”, assinalou Rocca.

maior crescimento no número de voluntários foi registrado nos Estados Unidos. Ao longo deste ano, a entidade do país recebeu 78 mil novos ajudantes, seguido por Itália, com 60 mil novos voluntários, depois Holanda, com 48 mil e o Quênia, na África, com 35 mil.

Somente nesses quatro países, foram mais 220 mil voluntários que puderam ajudar em ações específicas relacionadas à Covid-19. Como, por exemplo:

  • Entrega de alimentos essenciais e itens médicos;
  • Transporte de pacientes para instalações de saúde;
  • apoio com teste e rastreamento de contato;
  • Fornecimento de apoio psicossocial a pessoas vulneráveis ​​e em quarentena;
  • Distribuição de equipamentos de proteção individual (EPI);
  • Fornecendo informações de saúde confiáveis ​​para suas comunidades.

Cruz vermelha

Fundado em 1863, o Cruz Vermelha Internacional trabalha no mundo todo para levar assistência humanitária às pessoas afetadas por conflitos e pela violência armada e para promover as leis que protegem as vítimas da guerra. O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho é a maior rede humanitária do mundo.

É uma organização independente e neutra e o seu mandato se origina essencialmente das Convenções de Genebra, de 1949. Com sede em Genebra, Suíça, a organização tem cerca de 16 mil colaboradores em 80 países e é financiada principalmente por doações voluntárias dos governos e das Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

O Movimento está presente em todos os países e conta com o apoio de milhões de voluntários. A Cruz Vermelha brasileira foi fundada em 5 de dezembro de 1908 e teve como seu primeiro presidente o sanitarista Oswaldo Cruz.

Fonte:adaptado Boas Novas MG

Maria Odete

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *