fbpx

Jovem dá a própria vida para salvar família de incêndio: ‘Ele foi um herói’, diz pai

Jovem dá a própria vida para salvar família de incêndio: ‘Ele foi um herói’, diz pai

Um jovem de 17 anos deu a própria vida para salvar os pais de um incêndio que tomou conta de sua casa, em Albuquerque, nos EUA.

Xaven Garcia conseguiu tirar seu pai, Phil, de casa, apagar as chamas do jardim e depois entrar para resgatar outras pessoas que ainda estavam lá dentro.

Infelizmente, ele mesmo não conseguiu sair da residência, sendo retirado pelos bombeiros, com queimaduras por todo o corpo.

O jovem, que estava no último ano do ensino médio, foi declarado morto no hospital pouco depois de dar entrada no pronto-socorro. 😔

Jovem dá a própria vida para salvar família de incêndio: 'Ele foi um herói', diz pai

Alçado à herói na comunidade, Xaven continuou a ajudar o próximo mesmo após sua partida: os pais dele concordaram em doar alguns órgãos (como coração, baço, fígado e rins) para salvar outras vidas. Assim, dessa forma generosa, muitos se lembrarão de Xaven.

“Meu filho continuará vivo através de outras pessoas, que precisavam de um transplante para permanecer vivas. Ele salvou a vida de ao menos 8 pessoas“, disse Phil ao Albuquerque Journal.

O incêndio ocorreu no início deste mês, por volta das 23h00. Dentro da casa, os bombeiros encontraram o rapaz inconsciente devido ao excesso de inalação de fumaça.

“Os bombeiros atribuíram a morte dele à fuligem negra, que encheu seus pulmões e o matou quase instantaneamente. Não havia sinais de que ele estava lutando ou sofrendo de alguma forma”, completou o pai.

O fogo originou-se do quarto de Xaven, onde um aquecedor, que ficava bem próximo de um armário cheio de cobertores, entrou em curto-circuito. Ele e seu pai estavam assistindo a um jogo de futebol quando o jovem adormeceu no sofá e Phil voltou para seu quarto.

Tarde da noite, o adolescente acordou o pai gritando para sair de casa. “Eu estava um pouco grogue (sob efeito de medicação), não consegui acordar direito. Então ele literalmente me agarrou e começou a me puxar para fora de casa” , lembra Phil.

Embora o pai de Xaven tenha pedido a ele para ficar fora de casa, o jovem voltou para procurar sua irmã, que não estava na casa. De lá, não saiu mais.

Semanas antes da tragédia, o rapaz decidiu ser doador de órgãos, inspirado pelo próprio pai.

“Ele disse: ‘Eu quero fazer isso. Isso parece incrível’. E isso meio que me assustou porque você não ouve isso de um garoto de 17 anos. Eu estava tipo, ‘Quer saber, isso seria incrível. Se você fizesse isso, seria um herói. ‘ Ele disse: ‘Como você. Eu quero ser um herói, como você ‘”, disse Phil, que reconstruirá o quarto de seu filho para manter sua memória viva.

“Ele é um herói. Você sabe, literalmente o que fez foi salvar minha vida. E farei o que for preciso para tornar seu nome e o que ele fez conhecidos de uma forma positiva. Quero que sua morte seja significativa , para ajudar as pessoas que precisam de ajuda”, completou.

Fonte: Razões para Acreditar
Fotos: Arquivo pessoal

Maria Odete

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.