fbpx

Nadar, escalar e esquiar: Distribuição da vacina contra a Covid-19 é o novo desafio da pandemia.

Nadar, escalar e esquiar: Distribuição da vacina contra a Covid-19 é o novo desafio da pandemia.

Para acabar com a pandemia do coronavírus, é necessária uma distribuição eficaz da vacina, que exige temperaturas específicas. Os responsáveis pelo transporte das vacinas são os mais novos heróis da linha de frente, que estão encarando uma série de desafios para fazer com que as vacinas cheguem em boas condições, independentemente das dificuldades.

A produção das vacinas foi um passo muito importante para o andamento do combate ao coronavírus e a forma como serão entregues em cada país representa um desafio, principalmente pela delicadeza do produto em relação às condições fornecidas por cada região.

Vários laboratórios já comprovaram a eficácia de seus produtos na prevenção dessa doença contagiosa. No entanto, o desafio após a criação da vacina é a distribuição. E, cada uma dessas doses precisa ser transportada em uma temperatura específica, por isso é necessário um equipamento especial.

Isso significa que muitos países, com menos preparo e capacidade de transporte de vacinas, iniciam o processo de vacinação e distribuição mais lentamente do que os demais. Além disso, como destaca o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), os responsáveis pela distribuição dessas injeções fazem parte dos heróis desta crise.

AP

“Uma vacina não se distribui sozinha. Depende dos trabalhadores da saúde comprometidos que atravessam montanhas, rios e desertos. Requer tecnologias inovadoras e autêntico valor”, dizia um post da Fundação no Facebook.

AP
Dra. Katrine Bengaard

“E temos orgulho de tornar possível cada etapa deste caminho, ajudando 100 países a proteger as vacinas e manter sua eficácia em uma ‘cadeia de refrigeração’. Essa linha ininterrupta de refrigeradores permite que as vacinas sejam mantidas na temperatura certa, mesmo nos lugares mais quentes e difíceis do mundo”, acrescentou.

Unicef
Reuters

Diversas fotos estão correndo nas redes, pessoas de diferentes países estão fazendo de tudo para colaborar com a distribuição da vacina. Veículos vêm sendo adaptados e lugares isolados estão recebendo algumas doses. O fim da pandemia depende da boa manutenção e distribuição homogênea deste recurso.

Reuters
Unicef

“Agora a cadeia de refrigeração está prestes a ser mais importante do que nunca. Estamos reforçando o cuidado para garantir que as vacinas COVID-19 possam ser distribuídas de forma rápida e segura pelo mundo”, completa a Unicef.

Fonte: Conti Outra

Maria Odete

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *