Site aproxima pessoas que precisam de ajuda com quem quer ajudar

Site aproxima pessoas que precisam de ajuda com quem quer ajudar

Plataforma precisamos.com.br, desenvolvida por empresa de Porto Alegre, incentiva ações solidárias mostrando pedidos e ofertas de auxílio e facilitando o contato entre as partes

Aproximar quem precisa de ajuda com quem quer ajudar. Esse é o objetivo do site precisamos.com.br, plataforma criada pela desenvolvedora de software Base Digital, com sede em Porto Alegre.  

A ideia surgiu em meados de março, quando a pandemia do coronavírus se instalava no Brasil e começava a modificar de forma profunda o cotidiano. Marcos Rasta Schestak, 43 anos, CEO da empresa, mobilizou seus colaboradores para que criassem uma ferramenta simples e rápida para facilitar o dia a dia de quem, provavelmente, logo se encontraria em dificuldades — referentes aos mais comuns empecilhos da vida diária.

Na abertura, o precisamos.com.br ensina, em um breve e didático tutorial, como os interessados podem participar (leia mais abaixo). Ao clicar em “ver mapa”, apresenta-se um mapa do Brasil. O usuário pode digitar seu endereço ou outro em que tenha interesse e observar como está a mobilização pelas redondezas. Ao afastar ou aproximar o mapa, você enxerga onde há pins pela cidade.

A procura também se dá a partir de filtros, por categoria. Os criadores sugerem que sejam priorizadas os pedidos ou as ofertas sinalizados perto de casa, para facilitar o deslocamento, e também incentivam compras online, que podem ser remetidas diretamente aos necessitados.

Os produtos e serviços disponíveis são variados: alimentos perecíveis e não perecíveis, conversar pelo telefone, costura, dúvidas sobre tecnologia, entregas e buscas, equipamento de proteção individual (EPI), fazer compras, higiene pessoal, manutenção, pagar contas (água e luz), passear com pet, produtos de limpeza, trabalho voluntário e vestuário.

Base Digital / Reprodução
Pin azul é pedido de ajuda, e vermelho, ofertaBase Digital / Reprodução

Em dois meses de operação, 1,5 mil usuários se cadastraram em todo o Brasil — 60% deles estão no Rio Grande do Sul. Até o início da tarde desta quinta-feira (11), o site informava que havia 337 pedidos de ajuda e 606 pessoas ajudando. Schestak prevê melhorias funcionais sendo implementadas já no mês que vem e comemora os resultados obtidos.

— No início, disse para minha equipe que, se conseguíssemos ajudar uma família, já teríamos cumprido nosso objetivo. Ser solidário é fundamental. Como empresário, tenho que fazer a minha parte. Como voluntário, não preciso sair de casa para poder ajudar — afirma o CEO da Base Digital.

Como participar

  • Acesse o site precisamos.com.br.
  • Clique em “ver mapa”.
  • Você pode criar pins pedindo (azuis) ou oferecendo ajuda (vermelhos).
  • O usuário preenche um cadastro simples, informando nome, data de nascimento, CPF e e-mail.
  • Poste o seu pin no mapa solicitando ou oferecendo ajuda.
  • Encontrou um pin perto de você pedindo ajuda? Tem alguém oferecendo ajuda nas suas redondezas? Basta oferecer ou solicitar auxílio e a plataforma faz o “match”, ou seja, conecta as duas partes via e-mail.
  • A partir desse comunicado, as pessoas entram em contato e fazem as combinações necessárias.

Fonte: Gauchazh

Maria Odete

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.