fbpx

‘Smith dos Panos’: jovem se reinventa na crise, passa a vender frutas e dá aula de empreendedorismo

‘Smith dos Panos’: jovem se reinventa na crise, passa a vender frutas e dá aula de empreendedorismo

Junior de Oliveira Medeiros, ou simplesmente Smith dos Panos, é “correria”, não para nunca. Mas, infelizmente, as vendas de panos de chão e prato caíram bastante na pandemia.

Inclusive, estamos com uma vaquinha na VOAA para ajudá-lo na renda durante essa crise. Clique aqui para contribuir.

‘Smith dos Panos’ a ‘Smith das Frut’S’

Smith mora em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Começou a vender panos de chão e prato em 2016 para ser o seu próprio chefe. Ele acabou precisando se reinventar nessa crise, já que perdeu muitos clientes.

Foi então que Smith (sim, igual ao Fresh Prince Of Bel-Air, por causa do cabelo) passou a vender frutas também. Como eu falei, Smith é “correria”: fechou uma porta, ele abre outra!

“Quando comecei a vender as frutas, falei pra todos me chamarem de Smith das Frut’S”, contou o empreendedor morador do bairro de Itaúna, que já foi convidado para diversas palestras por colegas da área do varejo e do comércio.

View this post on Instagram

No início desse mês de Abril, fiquei dentro de casa pensando como iria trabalhar vendendo meus panos de chão nas ruas. Por que não tinha possibilidade de poder trabalhar por causa do corona vírus, todos as lojas que vendia meus panos de chão ficaram fechadas, fiquei dentro de casa pensando no que fazer, falei com Deus pedindo direção, pedindo recursos por que eu queria fazer uma coisa diferente do que eu fazia que era os panos de chão! Como todos não poderiam sair, pensei: vou conversa com o dono do Hort Frut pedindo uma oportunidade pra poder trabalhar na empresa dele, não trabalhar na loja, trabalhar indo em porta em porta levando as frutas até eles, como muitos idosos não podia sair. O dono do Hort Frut gostou muito do que falei pra ele sobre trabalhar indo em posta em porta, ele disse que ninguém fez isso o que eu fiz ! Comecei pegando pegando consignado a (2) dias, nesse dia fiz o dinheiro da caixa, o dono falou pra eu pagar só o preço de custo das caixas e o restante do dinheiro ficava pra mim. 2 dias fiz o dinheiro, peguei o dinheiro que sobrou, fui direto no CESASA pegar as mercadorias, peguei muitas caixas por que eu peguei a visão das coisas que mais saia, que mais vendia! Trabalhei um dia, vendi tudo, no outro dia já fui no CEASA novamente pegar mas 6 caixas, sempre investindo mais e mais, breve, um sacolão Escrito SMITH FRUT’s . . . #smithdospanos #smithfruts #empreendedor #empreendedores #marketing #digital #influenciador #gratidão #oportunidade #rickchesther #pegaavisão #deuséfiel #deusebomotempotodo #carlinhosmaia

A post shared by Smith dos panos Oficial (@smithdospanos) on

vendedor panos chão chão sentado banco ônibus
Smith precisou se reinventar. Foto: Arquivo pessoal

Até álcool em gel ele andou vendendo!

vendedor álcool em gel
Foto: Arquivo pessoal

“Vou vender pelo bairro do Jardim Catarina. Quero ajudar principalmente os idosos e demais pessoas do grupo de risco que não podem sair de casa. Tudo de boa qualidade!”, afirma.

Mercado Solidário: contribua!

Se você é de São Gonçalo, é possível comprar as frutas (ou panos de chão e prato) na mão do Smith, mas se mora em outra cidade ou estado, é possível ajudá-lo a ter uma fonte de renda através do Mercado Solidário, que abrimos na VOAA.

Lá, a coisa funciona assim: você compra o produto, mas não leva para casa. E tá tudo bem não receber a compra.

reprodução: youtube

Essa é uma forma lindona de apoiar um trabalhador autônomo, que depende do suor do próprio trabalho para por comida na mesa e pagar as contas. A sua compra é revertida em doação, entendeu?

Na lojinha do Smith no Mercado Solidário, você encontra limão Tahiti, Laranja Pera e, claro, panos de chão e prato que só ele tem. Dá um pulinho lá, clique aqui.

Fonte: Razões Para Acreditar

Maria Odete

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.